Estagiários falam sobre experiência no Recanto Ecológico Rio da Prata

Terminou em fevereiro o período de estágio de três acadêmicos no Recanto Ecológico Rio da Prata (Jardim-MS).

Esse aprendizado permite que o estudante coloque em prática o que viram na teoria. É uma excelente oportunidade para entender como funciona o mercado de trabalho, além de de ser uma ótima maneira de adquirir mais experiência e desenvolvimento profissional.

Marion Barthe, da França, acadêmica da UNESP – Universidade Estadual Paulista, atuou no viveiro de mudas e na recepção do atrativo.

Fazer estágio no Recanto Ecológico Rio da Prata durante as férias foi uma das minhas melhores experiências no Brasil. Eu estava procurando a possibilidade de conhecer melhor o ecoturismo com o objetivo futuro de trabalhar nessa área depois da minha graduação. Eu pude descobrir e trabalhar em três diferentes áreas da Fazenda: na nascente onde eu apoiei o monitor, no viveiro onde eu auxiliei no cuidado das mudas e na recepção onde eu acolhei os turistas. Além de ter a oportunidade de ficar num lugar charmoso, eu aprendi muito durante o meu estágio e agora tenho a certeza que eu tenho as competências para trabalhar no ecoturismo. As pessoas no Rio da Prata são simpáticas e sempre estão tentando ajudar você. Eu agradeço cada um deles, os meus monitores (Wad e Manoel), o gerente da Fazenda (Mano) e os proprietários pela oportunidade“, revelou Marion.

Marion Barth, da França, acadêmica da UNESP .

Tifany Rodrigues, acadêmica de turismo também da UNESP, fez estágio supervisionado por 2 meses no atrativo. Atuou na recepção e em outros setores para conhecer melhor o funcionamento da fazenda. “A experiência foi uma aventura, aprendi na prática a lidar com a área que escolhi para estudar. O atrativo me acolheu muito. Foi muito bom trabalhar com o ecoturismo. Vale a pena conhecer”, disse.

Tifany Rodrigues, acadêmica de turismo também da UNESP.

Já Rogério Cheres, aluno do Curso Técnico Agropecuário do Centro de Educação Profissional de Aquidauana Geraldo Afonso Garcia Ferreira (CEPA), fez estágio supervisionado por dois meses na fazenda, na área de pecuária. Sobre o aprendizado, disse: “Foi um aprendizado muito bom! Consegui acompanhar e saber um pouco mais sobre transferência de embrião em Bovino, dosagem de certos remédio e seus efeitos, realizei vermifugação em ovinos, manejo de bovinos em pastagem e rotação em várias pastagens, participei de uma regulagem de uma plantadeira para milheto e adubo”.

Rogério Cheres, aluno do Curso Técnico Agropecuário do Centro de Educação Profissional de Aquidauana Geraldo Afonso Garcia Ferreira (CEPA).

Todos agradeceram a oportunidade e também o companheirismo dos colaboradores do atrativo que os auxiliaram durante o período de estágio.

Leave a comment

Please be polite. We appreciate that. Your email address will not be published and required fields are marked