Recanto Ecológico Rio da Prata participa de ação de reflorestamento no Rio Miranda

O Instituto Guarda Mirim Ambiental de Jardim (IGMA) deu início na última quinta-feira (26) ao projeto “Cuidar e Preciso, recuperação das matas ciliares dos Rios da Prata Santo Antônio e Miranda Jardim-MS”.

Em parceria com o Projeto “Cabeceiras do Pantanal” do Instituto Homem Pantaneiro (IHP), a ação foi realizada na cabeceira do Rio Miranda no encontro do córrego Fundo com o Rio Roncador. “Esse é o início de ações de plantio de mudas nativas para recuperação de áreas degradadas as margens dos rios da região”, revela Nisroque Soares, diretor do IGMA.

No local foram plantadas 75 mudas de espécies nativas, doação do viveiro de mudas do Recanto Ecológico Rio da Prata e mudas do viveiro do IGMA.

O projeto tem o apoio do Recanto Ecológico Rio da Prata, do Instituto Homem Pantaneiro, Fundação Neotrópica do Brasil e do Ministério Público Estadual – 1ª Vara de Jardim.

Novas etapas serão realizadas em 2021.

Veja as fotos:

Sobre o Rio Miranda

O Rio Miranda é formado no encontro do rio Roncador com o córrego Fundo, nos limites dos municípios de Jardim e Ponta Porã, a uma altitude de 320 metros acima do nível do mar. Percorre uma distância estimada de 490 km, desembocando no rio Paraguai, no município de Corumbá, a 83 metros de altitude. Cruza os biomas Cerrado e Pantanal, tendo como principal afluente o rio Aquidauana.

Nos últimos anos o rio Miranda vem sofrendo com o risco de assoreamento e a preocupação de muitas pessoas que moram nos municípios banhados pelo rio, é que ele seque totalmente.

Leave a comment

Please be polite. We appreciate that. Your email address will not be published and required fields are marked