Gastronomia do Recanto Ecológico Rio da Prata e Estância Mimosa são destaques do livro “Cozinha Pantaneira: Comitiva de Sabores”

O livro “Cozinha Pantaneira: Comitiva de Sabores”, com 180 páginas, faz um mergulho nas raízes da cozinha pantaneira, apresentando ao leitor 65 receitas selecionadas pelo Chef Paulo Machado e preparadas por ele e outros chefs do Centro-Oeste. A publicação é ilustrada pelas fotos de Luna Garcia e texto de Cristiana Couto.

Dividido por temas variados – como “Comidas de Comitiva”, “Comidas de Festa”, “Comidas de Fazenda”, “Comidas da Cidade”, “Comidas do Mercadão” e “Cozinha Indígena”, – o livro, segundo Machado, reúne pratos doces e salgados e começou a ser concebido há quase 15 anos, após um período de estudos e trabalho na Europa.

No capítulo “Comidas da Cidade” dois pratos elaborados pelo Chef Paulo Machado ressaltam a gastronomia dos passeios de ecoturismo de Bonito e Jardim (MS). São eles a Estância Mimosa Ecoturismo e o Recanto Ecológico Rio da Prata no qual desde 2012, o Instituto Paulo Machado treina a brigada de ambos atrativos turísticos, realizando um trabalho de valorização da gastronomia local, utilizando os produtos cultivados na fazenda de modo a ter 100% de aproveitamento.

No Recanto Ecológico Rio da Prata, a receita em evidência é a Moqueca de banana-da-terra. “Como a fazenda recebe turistas de várias partes do globo, criamos um buffet diário de comida regional oferecendo pratos para pessoas que, por algum motivo, não consomem produtos de origem animal. Um dos resultados é esta moqueca. Quando a banana não está em sua época, é substituída por legumes da estação”, diz o chef.

Moqueca de banana-da-terra .

A publicação traz também a receita da Farofa de Erva Cidreira servida na Estância. “A fazenda produz erva-cidreira, que, assim como na região de fronteira, é muito valorizada no Pantanal para curar problemas de saúde, já que são grandes as distâncias entre as fazendas e os centros urbanos. A cidreira é um calmante natural, e, num dos treinamentos feito com a chef Inês Oliva, criamos uma farofa com ela. Dona Dina, cozinheira de tradição e há muitos anos trabalhando na Mimosa, faz semanalmente a farofa, que fica ótima como acompanhamento de peixes e da suculenta feijoada com carne de porco da fazenda servida por lá aos sábados“, revela o Chef Paulo Machado.

Farofa de Erva Cidreira servida na Estância Mimosa.

As receitas podem ser conferidas no livro COZINHA PANTANEIRA: COMITIVA DE SABORES

ISBN: 978-65-86205-02-2

Preço: R$ 80
Número de páginas: 180
Formato: 18 x 24 cm
Vendas on-line: www.bei.com.br

SOBRE O CHEF PAULO MACHADO

Profundo conhecedor da gastronomia latino-americana, Paulo Machado é formado em Direito e Gastronomia e estudou no programa de cozinha francesa do Instituto Paul Bocuse, na França. Mestre em Hospitalidade, fundador do Instituto Paulo Machado em Mato Grosso do Sul, trabalhou em restaurantes da Europa e do Brasil. Dá aulas de gastronomia e já esteve em 56 países, sendo que em 15 deles promoveu Festivais de Cozinha Brasileira. Em 2015, recebeu o Prêmio Dólmã de Melhor Chef na categoria nacional. Em 2017, sua marca “Brasil FoodSafaris” recebeu o prêmio Braztoa/Sebrae de melhor startup em turismo do Brasil. Machado foi colaborador da revista Menu e colunista na rádio CBN Campo Grande. Integra, ainda , o Slow Food, projeto Cumari e o grupo de Cozinhas Regionais da América do Sul. Ensina receitas e curiosidades da alimentação em seu canal do YouTube (Chef Paulo Machado) e escreve no blog www.brasilfoodsafaris.com .

Leave a comment

Please be polite. We appreciate that. Your email address will not be published and required fields are marked