Bonito é destaque no site UOL

A Serra da Bodoquena, região onde se situa a cidade de Bonito no Mato Grosso do Sul, tem inicio no extremo sudeste da planíce pantaneira, de onde se projeta em escarpas, estendendo-se por 200 km no sentido norte-sul, com 65 km de largura.

Neste local se encontra a maior área de Mata Atlântica preservada no interior do Brasil, considerada Reserva da Biofesra pela Unesco.

Localizada a 285 km da capital Campo Grande, Bonito é repleto de belezas naturais que inspiram o nome do município, o que faz a fama do lugar e o modo como às atrações são exploradas.

Nas cercas de 40 propriedades abertas ao público, há regras rígidas de utilização de cachoeiras, rios, trilhas e grutas, que buscam o chamado turismo de mínimo impacto. Alguns fazendeiros transformaram parte de suas terras em reservas ambientais e investiram na formação de pessoas para atender aos turistas.

As visitas aos lugares mais atraentes só podem ser feitas em pequenos grupos acompanhados de guias e mediante agendamento prévio nas agências de turismo, de modo que o número máximo de presentes em cada atração seja controlado. Medidas como essas e outras mais rígidas fizeram Bonito transformar-se em referência no cenário ecoturistico do Brasil.

A zona urbana não guarda atrativos especiais, contudo, a rua principal Coronel Pilad Rebuá, reúne os mais diversos serviços: pousadas, restaurantes, cibercafés, lojas de suvenires e artesanato, agências de turismo e operadoras de mergulho. À noite quando os turistas voltam dos passeios, a rua fica lotada.

Fonte: O Pantaneiro

Leave a comment

Please be polite. We appreciate that. Your email address will not be published and required fields are marked