IGMA realiza novas ações ambientais no Recanto Ecológico Rio da Prata

O Recanto Ecológico Rio da Prata recebeu no dia 21 de outubro nova ação em parceria com o Instituto Guarda Mirim Ambiental de Jardim-MS e com a equipe de monitoramento ambiental do Instituto Homem Pantaneiro (IHP) .

Participantes do IGMA realizaram atividades de educação ambiental no Viveiro de Mudas do atrativo turístico, com o plantio de sementes e manutenção do viveiro, atividade que faz parte do projeto Cuidar é preciso – Recuperação das matas ciliares e nascentes do Rio da Prata Santo Antônio e Miranda e visitaram também a nascente do rio Olho D’Água.

Na mesma data, estava presente no Recanto Ecológico Rio da Prata, Sônia Bridi, escritora e jornalista especialista em coberturas sobre questões ambientais, que fez um breve bate papo com as crianças, incentivando e ressaltando a importância das ações ambientais.

Veja as fotos:

Jornalista Sônia Bridi ao lado das crianças do IGMA.

Jornalista Sônia Bridi conhece projetos ambientais no Recanto Ecológico Rio da Prata

O Recanto Ecológico Rio da Prata (Jardim-MS) recebeu na última quinta-feira (21) a visita da jornalista Sônia Bridi, acompanhada por seus familiares.

Além da flutuação, a jornalista realizou o passeio a cavalo, visitou os projetos ambientais como o viveiro de mudas, a horta orgânica e fez o plantio de um manduvi.

Sônia Bridi realizou um plantio de um manduvi. Foto: Grupo Rio da Prata.

Na mesma data da visita de Sônia Bridi, o Instituto Guarda Mirim Ambiental de Jardim -MS (IGMA) realizava novas ações ambientais no Recanto Ecológico Rio da Prata. Junto com as crianças, a jornalista realizou o plantio de um manduvi e fez um breve bate papo com as crianças, incentivando e ressaltando a importância das ações ambientais.

Sônia Bridi entre os integrantes do Instituto Guarda Mirim Ambiental de Jardim (IGMA).

Foi um enorme prazer recebê-los!!

Sobre

Sônia Bridi, escritora e jornalista especialista em coberturas sobre questões ambientais é repórter especial do Fantástico, da Rede Globo. Ao lado do repórter cinematográfico e marido, Paulo Zero, Bridi montou a primeira base da TV Globo no Oriente, entre 2005 e 2006, na China. Foi correspondente em Pequim, Paris, Londres e Nova York.

Autora de grandes séries de reportagem para o Fantástico com história natural, antropologia e civilização como pano de fundo para desenvolvimento sustentável.

Especialista em reportagens de ciência e tecnologia e meio ambiente. Em 2008, Bridi lançou o livro Laowai (Estrangeiro) – histórias de uma repórter brasileira na China, editora Matrix, e em 2014, Diário do Clima, mostrando as mudanças climáticas já acontecendo em cinco continentes, Editora Globo. Ambos com fotos de Paulo Zero.